top of page
Buscar

Vereador Igor Franco foi o único voto contra, na Comissão de Finanças, a empréstimo milionário da Prefeitura de Goiânia.


Na última sessão da Comissão de Finanças da Câmara Municipal de Goiânia, o vereador Igor Franco se destacou ao ser o único a votar contra o empréstimo de R$ 710 milhões proposto pelo prefeito Rogério Cruz e à Prefeitura de Goiânia.


Sua decisão, embasada na falta de transparência para onde será realmente destinado os recursos, levanta questões cruciais sobre a gestão financeira da cidade e o peso que essa dívida terá sobre os ombros dos cidadãos goianienses.


Franco, com sua posição firme, colocou em evidência a necessidade de clareza em relação aos recursos públicos. O projeto de empréstimo apresentado ainda não deixa claro como os valores seriam utilizados, deixando lacunas preocupantes sobre a destinação exata do montante.


Ao expressar sua preocupação com a transparência do projeto, o vereador não apenas cumpriu seu papel de fiscalizador, mas também agiu em defesa dos interesses da população. É essencial que os cidadãos saibam onde seu dinheiro está sendo investido e que haja garantias de que os recursos serão empregados de forma responsável e em benefício da comunidade.


A decisão do Vereador Igor Franco é um lembrete poderoso da importância da transparência e da participação cívica na política local. Em um momento em que a confiança nas instituições públicas é crucial, os representantes eleitos devem estar comprometidos com a prestação de contas e a transparência em todas as suas ações.


No final das contas, a dívida contraída afetará diretamente o bolso dos cidadãos goianienses. Portanto, é fundamental que haja um debate aberto e esclarecedor sobre os custos e benefícios desse empréstimo, garantindo que os interesses da comunidade sejam colocados em primeiro lugar. O voto corajoso do vereador Igor Franco é um lembrete oportuno de que a responsabilidade fiscal e a transparência são pilares essenciais da governança eficaz.


40 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page